terça-feira, 16 de agosto de 2016

Hoje, você é, "CHEF POR 1 DIA" - PICANHA INVERTIDA


Hoje, vamos aprender a preparar uma Picanha Virada Recheada com Provolone.
Antes vamos aprender um pouco sobre a picanha.  A Picanha é um tipo de corte de carne bovina
tipicamente brasileira. A origem do nome Picanha advém do tratamento talhante Italiano, nomeadamente do corte Picatta . Esta vara, chamada picana (em espanhol), possuía um ferrão na ponta e servia para picar o gado na parte posterior da sua região lombar. Com o passar do tempo esta região do animal passou a ser chamada picana e posteriormente picanha. Recentemente, o aumento da variedade de cortes de carnes suínas originado de ações promovidas pelos suinocultores, fez surgir um novo corte para os admiradores deste tipo de carne, que recebeu o nome de. picanha suína
Uma receita nada light… mas muito gostosa! Afinal, a vida não pode se resumir a contar calorias.  Anota ai
Ingredientes:
  • 1 peça de picanha de 800 a 900 gramas magra.
  • 300 gramas de queijo provolone
  • Sal grosso
  • 2 cebolas cortadas em rodelas
  • 3 dentes de alho picados
  • Azeite QB ( quanto basta )
Você também precisará de
  • uma faca bem afiada 
  • assadeira média
Modo de Preparo:
Faça uma incisão no lado mais grosso da picanha e vá passando a faca por dentro dela até chegar à ponta. Cuidado para não cortar as bordas! Quando tiver aprofundado o corte o suficiente para alcançar a ponta fina da carne, puxe-a com cuidado com a mão,  virando a peça do avesso.
Recheie a picanha com queijo provolone e passe sal grosso na superfície.
Coloque a picanha sobre uma cama de cebola cortada em rodelas e alguns dentes de alho, regados com azeite.
Leve ao forno médio por cerca de uma hora, virando de vez em quando sua carne.
Dicas e Complementos:
Quando se vira a picanha, a camada de gordura fica do lado de dentro da carne. Ela derrete e mantém a peça úmida e suculenta, com um sabor incrível.
Para esta receita, é melhor trabalhar com peças pequenas. Facilita a “virada”.
A receita é bem simples. Só não a classifico como “fácil” porque é preciso paciência para cortar a carne com calma e algum jeitinho para virá-la. Quanto à quantidade… serve três pessoas normais ou duas esfomeadas! Hahahhahh
Bom apetite!


quinta-feira, 23 de junho de 2016

Hoje, você é Chef Por 1 Dia - CREPE SUIÇO


[NIVEL FÁCIL] Quando se fala em crepes, sem dúvidas, a primeira opção que vem à cabeça é o suíço, que é uma das versões mais tradicionais, tanto na Europa quanto no Brasil. O crepe suíço também é um dos mais simples de fazer, tendo uma receita com ingredientes acessíveis. Anota ai.

Para fazer o crepe suíço você vai precisar dos seguintes ingredientes:
  • 1/2 litro de leite
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 xícara (chá) de maisena
  • 2 colheres (sopa) cheia de queijo ralado
  • 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 1 pitada de sal
Modo de Preparo:
  • Bater todos os ingredientes no liquidificador.
  • Untar a panela com óleo.
  • Colocar a massa na panela de crepe, o palito com o recheio por cima, preencher com a massa e fechar a panela.
  • Deixar cozinhar até ficar dourado.
Bom Apetite!!


terça-feira, 26 de abril de 2016

Hoje, você é "Chef Por 1 Dia" ( NAKED CAPRESE )

[NIVEL FÁCIL] A salada caprese tem como origem a região de Campania na Itália, de acordo com alguns pesquisadores o prato recebeu esse nome devido a fama que conseguiu atingir na região de Capri, após ser servida ao rei Farouk, do Egito. Ela é conhecida pela sua simplicidade, os ingredientes básicos da salada caprese são mussarela de búfula fresca, tomate e manjericão, sendo temperada apenas com azeite, pimenta e sal. Com o passar do tempo novos ingredientes foram incorporados à receita. Por ser um prato leve é muito recomendado para os dias mais quentes. A Ilha de Capri é conhecida por produzir excelentes ingredientes utilizados nesse prato. O naked caprese é perfeito para aqueles dias que não estamos com vontade de carne e buscamos algo mais leve, sem deixar de ser gostoso. Olhando de primeira você pode até achar que é complicado, mas é super tranquilo. Basta seguir o passo a passo que você consegue. Anota ai.

Ingredientes

  • 1 punhado de folhas de rúcula
  • 1 punhado de folhas de manjerição
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 punhado de queijo parmesão ralado
  • 1 punhado de castanha ou pinhão
  • 1 xícara de azeite
  • 4 tomates grandes
  • alfafa
  • 4 bolas de mussarela de búfula
 Modo de Preparo 

Em um mixer ou liquidificador, coloque a rúcula, o manjericão, o queijo, o pinhão e os dentes de alho. Aos poucos, vá aidicionando o azeite. Deixe bater bem para que os sabores se incorporem. Prove e corriga o queijo, se necessário.
Agora vamos retirar a pele do tomate: faça um corte superficial em formate de “X” no tomate. Com uma pegador,”asse” o tomate acima da chama do fogão, até a pele começar a soltar. Depois, com cuidado, é só puxar a pele toda.
Faça um corte na base do tomate para retirar toda a polpa e as sementes. O ideal é deixá-lo oco para depois recheá-lo. Lavem bem dentro para que não fique nada. Tempere dentro do tomate com um pouco de azeite e sal. Por fim, é só rechear o tomate com uma bola de mussarela de búfula.


Para servir, coloque uma concha do molho pesto no prato. Depois, acomode o tomate com a abertura pra baixo. Para finalizar, um pouco de alfafa. Sirva a seguir.


 Bom apetite!!